TABELA DE PONTOS CARNAVAL 2013 RJ, APURAÇÃO, RESULTADOS

Apuração do desfile das escolas do Grupo Especial começa às 16h.
Escola com a menor pontuação desce para a Série A. O Rio de Janeiro conhece nesta quarta-feira (13) a campeã do carnaval 2013. O início da apuração será às 16h, no Sambódromo, no Centro. Serão julgados 10 quesitos: harmonia, conjunto, mestre-sala e porta bandeira, enredo, comissão de frente, alegorias e adereços, bateria, samba-enredo, fantasia e evolução.

Quarenta jurados, quatro para cada quesito, avaliaram as escolas durante os desfiles da noite de domingo (10) e segunda-feira (11) de carnaval e deram notas entre 9 e 10. A nota mais baixa será descartada.

De acordo com o regulamento, a escola com menor pontuação desce pára a Série A e as seis melhores voltam a desfilar no próximo sábado (16) na Marquês de Sapucaí. Caso haja empate na primeira colocação, o critério de desempate será evolução.

Segundo a Liesa, os ingressos para o desfile das Campeãs já estão à venda.  As arquibancadas populares, setores 12 e 13, custam R$ 5 e as arquibancadas especiais, setores 2 ao 11, entre R$ 130 e R$ 300.

A Mangueira, que ganhou o Estandarte de Ouro – premiação do jornal O Globo – como melhor escola, inovou ao levar para a Sapucaí duas baterias, somando 500 integrantes. Os dois grupos de ritmistas alternaram-se no comando do samba a partir da metade da apresentação. Enquanto uma parte embalava a escola, o restante sambava erguendo os instrumentos. A novidade, no entanto, pode ter colaborado para o atraso de seis minutos que a Mangueira teve, também causado por problemas em carros alegóricos. Cada minuto de atraso retira um décimo da nota da escola. Nenhuma outra agremiação se atrasou na noite de segunda-feira.

Carro alegórico da Mangueira passa pela Sapucaí lotada (Foto: Antonio Scorza/AFP)
Apontada pelos especialistas em carnaval como uma das grandes favoritas para levar o título, a Vila Isabel fez um desfile grandioso e colorido. O carro abre-alas da Vila Isabel simbolizou o trabalho duro e o sol forte, importantes para uma boa colheita. Outra alegoria da escola mostrou um enorme boneco de um agricultor segurando feijões. O samba-enredo da Vila, última escola do Grupo Especial a desfilar, animou a Sapucaí e arrastou o público atrás da escola.A Beija-Flor de Nilópolis chamou atenção na Sapucaí com carros imponentes, que traziam esculturas gigantes de dragões e homens das cavernas. O enredo era sobre o cavalo mangalarga marchador.

Mesmo tendo encantado o público, os carros alegóricos foram o principal problema da Unidos da Tijuca na avenida. Logo no início do desfile uma peça do abre-alas quebrou por um erro de manobra, e um buraco se abriu entre a alegoria e a comissão de frente. O segundo carro também teve problemas após entrar na avenida. Uma fumaça saiu do alto, e quatro bombeiros chegaram a escalar a alegoria para ajudar os membros da agremiação que estavam em cima. Apesar de tudo, a apresentação da Unidos da Tijuca entusiasmou o público com martelos que levitavam, fantasias que mudavam de cor, efeitos sonoros que imitavam trovões e um toboágua de 15 metros de altura.Com o enredo “Fama”, o Salgueiro tratou da busca por reconhecimento e do desejo de imortalidade, mostrou máquinas fotográficas, personagens históricos e o mundo de celebridades no desfile que marcou os 60 anos da escola. Na comissão de frente, uma limusine vermelha e brilhante trouxe a figura de Chacrinha para saudar o público. A coreografia teve ainda integrantes vestidos de Marilyn Monroe e Amy Winehouse, que brigaram no alto do carro. Marilyn caiu e foi salva pela bandeira da escola, estendida por um grupo de fotógrafos que sambaram com câmeras na mão.

A Imperatriz Leopoldinense levou para a avenida a história e a cultura do Pará, em desfile que destacou a povoação indígena, a riqueza do ouro e da borracha, o gênero musical tecnobrega e os romeiros do Círio de Nazaré.

Com toques futuristas, o desfile da Grande Rio sobre o petróleo usou 6.800 metros de fitas com lâmpadas de LED em um dos setores. Elas acendiam as fantasias de 400 integrantes e uma alegoria que apresentava águas marinhas movidas a gás hélio, que pareciam voar.

A São Clemente escalou um grande elenco para apresentar seu enredo “Horário Nobre” na Sapucaí. Carminha, Odete Roitman, Tieta, Viúva Porcina, Sinhozinho Malta e outros famosos personagens representavam mais de 60 telenovelas brasileiras, escolhidas pelo carnavalesco Fábio Ricardo após uma pesquisa nas ruas e nas redes sociais.

O enredo “Eu vou de Mocidade com samba e Rock in Rio – Por um mundo melhor” teve o veterano Serguei, de 79 anos, como destaque no carro abre-alas. “Eu sou um roqueiro carioca e o desfile não ficou devendo nada ao Rock in Rio”, disse. “A Janis Joplin? Ia morrer de rir e falar coisas malucas para mim”, afirmou.

'Thors' da Unidos da Tijuca tiveram 'martelo voador' (Foto: Luiz Roberto Lima/Futura Press/Estadão Conteúdo)‘Thors’ da Unidos da Tijuca tiveram ‘martelo voador’ (Foto: Luiz Roberto Lima/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Aos 90 anos de idade, a tradicional Portela encerrou a primeira noite de desfiles na Marquês de Sapucaí homenageando os 400 anos do bairro de Madureira, no subúrbio do Rio, onde fica a quadra da escola. Outra efeméride foram os 70 anos do cantor e compositor Paulinho da Viola, ícone da escola. Foi ele o escolhido como o fio condutor do enredo deste ano, “Madureira… O meu coração se deixou levar”.

A União da Ilha do Governador celebrou os 100 anos do nascimento de Vinicius de Moraes, contando a história da vida e da obra do poeta, compositor e dramaturgo. Orfeu, Garota de Ipanema e outros sucessos foram lembrados, além das parcerias que o homenageado fez com Toquinho, Tom Jobim, Carlos Lyra, Baden Powell e outras estrelas da música popular brasileira.

Para sua estreia no Grupo Especial, a Inocentes de Belford Roxo levou para a Sapucaí um pouco da história da Coreia do Sul. Um dos símbolos coreanos, a Rosa de Saron, foi representado pelo casal mestre-sala e porta-bandeira Rogério Dornelles e Lucinha Nobre. Lucinha completou seu 30º desfile como porta-bandeira e fez sua estreia pela Inocentes.

A Apuração com os resultados das escolas de Samba do Rio de Janeiro Carnaval 2013 começa hoje as 16h..

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.