Começa hoje Greve dos Rodoviários do Rio de Janeiro duração será de 24 horas

Greve de Motoristas de ônibus di Rio terá início a meia noite de hoje. Um dia após o Rio Ônibus anunciar que havia entrado em acordo com motoristas e trocadores do município do Rio, o sindicato da categoria (Sintraturb-Rio) anunciou, no fim da noite desta quinta-feira, uma greve que começará à 0h de sexta. A paralisação terá duração de 24 horas, mas, segundo os organizadores do movimento, pode terminar antes do prazo se patrões e empregados entrarem em consenso.

Na noite de quarta-feira, o Rio Ônibus divulgou que havia fechado um aumento salarial de 8%. O sindicato, por sua vez, alega que só soube do valor pela imprensa. Na manhã desta quinta, em novo encontro, chegou-se a um reajuste de 10%, mas outros pontos da proposta emperraram o acordo.

— Não abrimos mão do fim da dupla função, e queremos plano de saúde, cesta básica e vale-alimentação — explicou Sebastião José, vice-presidente do sindicato.

 

Segundo o Sintraturb-Rio, cerca de três mil trabalhadores participaram de assembleia na noite desta quinta-feira
Segundo o Sintraturb-Rio, cerca de três mil trabalhadores participaram de assembleia na noite desta quinta-feira Foto: Divulgação

 

O Rio Ônibus informou que solicitou para esta sexta-feira à Polícia Militar um reforço na entrada das garagens. As empresas afirmam, ainda, que irão à Justiça comum tentar uma liminar que suspenda a greve. No entender do sindicato patronal, a paralisação é inconstitucional por não ter havido um aviso prévio de 48 horas à população.

Já o Sintraturb-Rio realiza, às 12h desta sexta, uma nova assembleia, no Guadalupe Country Clube.

Como ir e vir

Metrô

O Metrô Rio decidiu ampliar sua operação já nesta quinta-feira. Em vez de interromper o serviço à meia-noite, os trens continuarão a circular até a 1h. Conforme houver demanda por conta de passageiros de ônibus a pé, as composições continuarão a circular. Na sexta, as estações serão abertas às 5h. Um esquema especial foi montado para buscar maquinistas, operadores e bilheteiros em casa para levá-los ao trabalho. Além disso, haverá venda de passagens fora dos guichês para evitar grandes filas. Todos os 40 trens irão rodar nos horários de pico até a greve terminar.

Integração

As linhas de ônibus que operam com o metrô poderão não funcionar por não serem controladas pela concessionária.

SuperVia

A concessionária não informou se aumentará a oferta de trens por conta da demanda extra desta sexta-feira.

Ônibus

Por lei, os rodoviários são obrigados a manter o percentual mínimo de 30% da frota circulando para não prejudicar mais a população. A segurança será reforçada nas garagens de ônibus.

Tarifa

As tarifas de ônibus ainda não foram reajustadas este ano por um pedido da presidente Dilma Rousseff.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.